logo

ISSN 0325-0075
versão impresa
ISSN 1668-3501
versão on-line

Instruções aos autores

 

Escopo e política

 

Archivos Argentinos de Pediatria é a publicação oficial da Sociedad Argentina de Pediatría (SAP),  e é publicada sem interrupção desde 1930.
Indexados no Medline, Science Citation Index Expanded, a base de dados LILACS. O acesso ao o texto completo pode ser feito através SciELO Argentina. Integra também o Núcleo de Revistas Científicas Argentinas.
Os Archivos publicam em língua castelhana trabalhos relacionados com a saúde perinatal, da criança e juventude e outras disciplinas relevantes para a profissão médica.
A partir do Portal da Sociedad Argentina de Pediatría (http://www.sap.org.ar/archivos) a versão eletrônica dos artigos publicados desde 1998  pode ser acessada gratuitamente.

Processo de Revisão

Archivos Argentinos de Pediatria é uma revista científica argentina que adota o sistema de "revisão por pares", o que significa que todos os artigos submetidos são avaliados por enviados pelo menos dois  ou mais revisores independentes. A identidade dos autores e revisores são mantidos confidenciais. O acompanhamento do processo editorial do artigo se dá através do site da SAP, entrando Archivos Argentinos de Pediatría, em "Enviar e completa ?completar? manuscritos" pelo nome do primeiro autor e o número que é atribuído a cada manuscrito.

 

 

 

Forma e preparação de manuscritos

 

Manuscritos devem ser redigidos com processador de texto (MSWord.doc), em espaço duplo (incluindo resumos, referências e tabelas), com fonte Arial 11. As páginas devem ser numeradas a partir da primeira página do lado direito do rodapé.

A primeira página deve incluir:
Título: em castelhano e Inglês. Deve ser conciso, sem abreviaturas e de acordo com o conteúdo do manuscrito.
O(s) prénome(s) e sobrenome (s)  do(s) autor(es) em seqüência e seu título abreviado (Dr., Sr., Prof., etc.) com um asterisco para identificar o nome, endereço e telefone da (s)  instituição (ões) qual (ais) cada autor pertence. Deve incluir o endereço eletrônico de cada um dos autores. Fornecer ainda o nome, endereço, instituição e endereço eletrônico do autor correspondente.
A participação de cada um dos autores do estudo deve ser especificada, de acordo com as exigências do Comitê Internacional de Editores de Revistas (Requisitos uniformes para manuscritos que são submetidos a revistas biomédicas: escrita e edição para publicação biomédica. (Rev Panam Salud Pública 2004, 15 (1) :41-57).
Para ter status de autoria cada um dos autores devem satisfazer as seguintes condições: 1) Contribuições substanciais para a concepção e desenho do estudo, coleta de dados ou análise e interpretação; 2) Ter participado na elaboração do artigo ou revisão crítica do seu conteúdo intelectual e 3) Ter aprovado a versão final do manuscrito.
Outros profissionais que tenham contribuído para a realização do estudo e que não cumpriram os três critérios de autoria, podem ser listados na seção de agradecimentos.
Quando um manuscrito escrito por um grupo, o autor correspondente deve indicar a ordem em que os autores devem ser citados e identificar todos os autores individuais e do o nome do grupo. Os outros membros do grupo não satisfaçam os critérios de autoria, podem ser citados na seção de Agradecimentos.
No caso de estudos multicêntricos, os investigadores que não tiverem participado diretamente na preparação do artigo podem ser referidos como investigadores participantes na seção Agradecimentos ou em um parágrafo no final da página de rosto.
Confrontados com situações em que a declaração de autoria não é clara o suficiente os editores podem solicitar ao autor responsável, ou outros, o cumprimento integral das condições acima listadas.

• Gramática e estilo. Respeitar as regras da língua castelhana no estilo apropriado de redação da informação científica. Recomenda-se a analisar cuidadosamente o texto e o estilo antes de submeter o manuscrito, se possível com indivíduo  especialmente capacitado para esse trabalho.
• Abreviaturas e siglas. Limitada ao mínimo indispensável. Utilizar somente aquelas comummente aceitas. As palavras e expressões abreviadas com siglas devem ser escritos na íntegra pela primeira vez, com a sigla entre parênteses. Em palavras simples não devem ser utilizadas siglas (por exemplo, ATB antibiótico). Os títulos e os resumos não devem conter abreviações, embora elas possam ser empregadas em casos excepcionais. No resumo Inglês podem ser incluídas siglas que são normalmente utilizadas em publicações nessa língua. No caso da inclusão de siglas em tabelas, gráficos ou figuras elas devem ser definidas na legenda ou no título, mesmo se elas existirem já indicado no texto.
Agradecimentos •. Pode incluir indivíduos ou instituições que colaboraram de alguma forma para a realização do estudo. Nessses casos, usar linguagem sóbria e inclui-los, em uma página separada, após o texto do manuscrito.
• Bibliografia. Será elaborada por ordem de aparecimento no texto, no estilo proposto pelo Comitê Internacional de Editores de Revistas Médicas (ICMJE), em "Requisitos uniformes para originais submetidos a revistas biomédicas", em Outubro de 2008 (www.icmje.org/ ) e Rev Panam Salud Pública 2004, 15 (1) :41-57 (em castelhano).
Para a redação das diferentes categorias de citações bibliográficas recomenda-se a consulta ao site denominado Citing Medicine da, National Library of Medicine, E.U.A. (http://www . nlm.nih.gov / citingmedicine).
As referências devem obedecer rigorosamente as orientações contidas nos seguintes exemplos:
A. Periódicos
Salhab WA, Wyckoff MH, Laptook AR, Perlman JM. Hipoglicemia inicial e lesão cerebral neonatal em recém-nascidos a termo com acidemia fetal grave. Pediatrics 2004; 114:361-6.
Em artigos com mais de quatro autores, inserir “et al” após o quarto autor b. Livros
Bradley Him O manejo clínico e cirúrgico. 2 ed. Philadelphia: WB Saunders, 1982, 72-95.
c. Capítulo de livro
Stanley F, Blair E, Alberman E. Quão comum é a paralisia cerebral? Em Bax MC, Hart HM, eds. Epidemiologia Paralisia cerebral: percursos e causal. Londres, Reino Unido: Cambridge University Press, 2000:22-39.
d. Artigo de periódico publicado on line
Moreno-Perez D, Peláez M. Chaffanel Antipiréticos, os pais e as conclusões pediatras.Tenemos para todos? Evid Pediatr. 2006; 2:16. [Disponível em: http://www.aepap.org/EvidPediatr/numeros/vol2/2006_numero_2/2006_vol2_ numero2.2.htm]. [Consulta: 21 de junho de 2006].
e) Sites na Internet
OPAS / OMS. Situação de Saúde nas Américas: Indicadores Básicos 2005. Washington, DC, 2005. [Disponível em: RG http://www.paho.o / Espanhol / dd/ais/IB-folleto-2005.pdf.] [Consulta: 21 de junho de 2006].
• Tabelas, gráficos e figuras. Devem ser apresentados em folhas separadas, uma por folha e numeradas com algarismos arábicos. Terá um título na parte superior, próximo ao número e uma legenda na parte inferior. As unidades de medida devem ser referidas no texto, tabelas, gráficos e figuras.
• Fotografias. Quando tomadas de pacientes adotar medidas adequadas para garantir o anonimato. Ademais, elas devem ser acompanhadas de autorização para publicação. Fotomicrografias ou exames de imagem não podem ter nenhuma informação que identifique o paciente. Aexar permissão para reprodução se forem usadas imagens de outros autores, sejam elas publicadas ou inéditas. Setas pequenas deve ser utilizadas em contraste de cores, para facilitar a identificação da estrutura ou alteração que o(s) autor(es) deseja(m) mostrar.
As legendas ou títulos devem ser incluídos em uma folha separada com a respectiva numeração. As imagens digitais devem ser legíveis e impressas em uma resolução não inferior a 300 dpi e fornecidas em arquivos com extensão .jpg. Em caso de dúvida, consultar a Secretaria dos Archivos Argentinos de Pediatria.

 

 

Envio de manuscritos

 

Todos os manuscritos devem ser enviados por e-mail para  o seguinte endereço eletrônico: publicaciones@sap.org.ar . No campo "Assunto", coloque a legenda "manuscrito para os Archivos Argentinos de Pediatria. No corpo da mensagem indicar o título do trabalho e o nome do primeiro autor.
Os arquivos estão anexados devem ser editados em MSWord (. Doc)  e devem incluir:

  1. O manuscrito deve ser editado de acordo com as instruções descritas abaixo; o arquivo terá como título o nome do do primeiro autor.
  2. Uma Carta ao Editor com os nomes, telefones e endereços eletrônicos de todos os autores, na qual será solicitada a avaliação do artigo para possível publicação e nela deverá ser explicitado que:
  3. O trabalho apresentado não foi publicado em nenhum meio ou veículo e não será enviado a outro periódico ou qualquer outra forma de publicação, enquanto estiver sob consideração pelo Archivos Argentinos de Pediatria.
  4. Todos os autores são responsáveis pelo conteúdo do artigo.
  5. Todos os autores mencionaram existência ou não de um conflito de interesses. Caso existam os autores devem declarar o tipo e se ainda há conflito de caráter financeiro ou económico.
  6. Detalhar todas as fontes de financiamento externo.
  7. Assinalar que o checklist foi atendido antes de submeter enviar o material. O manuscrito

Caso o artigo seja aceito, todos os autores transferirão os direitos autorais à Sociedade Argentina de Pediatria.

O processo de submissão não será iniciado, se a carta ao Editor não conter todos esses aspectos.
 

 

[Home] [Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


2014 Sociedad Argentina de Pediatría

Av. Coronel Díaz 1971/75
(C1425DQF) - Ciudad Autónoma de Buenos Aires
República Argentina
Tel./Fax: (+54 11) 4821-8612/2318

www.sap.org.ar
logo
publicaciones@sap.org.ar

SciELO Argentina URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_serial&pid=0325-0075&lng=pt&nrm=iso