logo

ISSN 0002-7014
printed version
ISSN 1851-8044
online version

Instruções aos autores

 

Por decisão do Conselho de Administração da Associação Argentina de Paleontologia, a revista deixou de pertencer à coleção SciELO Argentina.

 

Escopo e política editorial

 

Ameghinianaé uma publicação trimestral, destinada a trabalhos científicos originais sobre temas paleontológicos de diverso tipo. Tendo publicado 45 volumes, constitui sem dúvida, o principal órgão primário de divulgação do conhecimento paleontológico da América Latina. Isso é o resultado da eficaz união entre a originalidade do conteúdo, a alta qualidade das imagens e o rigoroso processo de arbitragem de hierarquia internacional ao qual são submetidos todos os artigos que serão publicados. Os trabalhos são habitualmente publicados em espanhol e em inglês, ocasionalmente em português. Seus conteúdos são citados regularmente em prestigiosos índices como Bibliography and Index of Geology, Biological Abstracts, Zoological Record, Geological Abstracts, Gushengwuxue Wenzhai, Referativnyi Zhurnal e, recentemente, também nos serviços secundários do ISI, Current Contents (Physical, Chemical & Earth Sciences), Research Alert e Science Citation Index Expanded.
São levados em consideração para sua publicação trabalhos científicos originais sobre temas paleontológicos de diverso tipo. Inclui artigos sobre: Anatomia, Sistemática, Filogenia, Paleobiologia, Paleoecologia, Paleobiogeografia, Bioestratigrafia e Tafonomia. São levados em consideração também estudos sobre estratigrafia, reconstruções paleoambientais e material atual, quando suas conclusões têm implicações paleontológicas.
Trabalhos de revisão serão considerados só quando fizerem uma substancial contribuição de novas informações e/ou interpretação inédita.

O estrito cumprimento das presentes instruções é obrigatório para poder iniciar o processo editorial.
1. Os manuscritos devem ser trabalhos originais e não devem ter sido publicados nem enviados simultaneamente a outros meios de publicação. A superposição de conteúdos com artigos relacionados já publicados deve ser mínima e só quando o tema tratado assim o justificar. Não serão aceitos trabalhos que conforme o parecer do Comitê Editor não cumprirem o requisito de relevância ou interesse do tema abordado.
2. Os manuscritos que não cumprirem estritamente com o ponto anterior e as normas editoriais da revista, e/ou que tiverem problemas de redação e/ou apresentação do texto, figuras e/ou desenhos, serão devolvidos aos autores.
3. Os autores são responsáveis pela veracidade do conteúdo do manuscrito. Entende­se que quando um manuscrito tem dois ou mais autores, todos eles estão envolvidos no trabalho e o envio do trabalho à revista foi de comum acordo.
4. Recomenda­se aos autores que sugiram até 5 revisores potenciais.
5. Todos os autores devem ser sócios da APA no momento da aceitação do trabalho e manter essa condição até o momento da publicação. Se não for assim deverão arcar com o custo proporcional de publicação.
6. Todos os manuscritos serão considerados de acordo com seus méritos científicos e estarão sujeitos a um mínimo de duas revisões.
7. Na Ameghiniana se publicam três tipos de trabalhos: artigos regulares e notas. Os primeiros podem ter uma extensão de até 12000 palavras. Manuscritos mais extensos poderão ser publicados com a autorização explícita do Comitê Editorial, sendo o/os autores os responsáveis pelo custo adicional.
Só serão aceitos para sua publicação manuscritos que constituírem “parte 1” e “parte 2” de um mesmo estudo, quando forem enviados juntos para serem avaliados. Isso não implica que serão publicados no mesmo número ou volume. Cada parte deverá ser compreensível por si mesma e deverá, obrigatoriamente, incluir conclusões.
As notas paleontológicas podem ter até 3000 palavras e deverão fazer novas contribuições à paleontología (por exemplo, novas descobertas) e conter informação relevante de transcendência científica, que mereçam ser divulgadas em poucas páginas. Devido a sua reduzida extensão, se houvesse páginas livres disponíveis, as notas seriam publicadas em menos tempo que os artigos normais.
As notas de nomenclatura podem ter até 500 palavras, devem estar redigidas em inglês e estão destinadas a temas de tipificação, modificações por questões de prioridade ou similares de nomes normalmente publicados previamente na Ameghiniana.
8. No caso de trabalhos sobre o período Pleistoceno tardio - Holoceno, deverão incluir datações absolutas.
9. Todos os manuscritos serão enviados através do website: www.ameghiniana.org.ar, onde os autores poderão realizar também o seguimento de seus trabalhos.
10. Caso não se recebesse o manuscrito revisado pelo/pelos autor/es passados 6 meses desde seu envio pelo Comitê Editorial para sua correção, conforme os comentários dos árbitros, automaticamente será dada a baixa.
 

 

Forma e preparação de manuscritos

 

Texto
1. Só serão aceitos trabalhos em espanhol, português ou inglês. Solicita-se aos autores que não dominarem o inglês que os manuscritos sejam corrigidos por um especialista nessa língua.
2. Os manuscritos devem ser redigidos de modo claro e conciso; o texto será apresentado em tamanho A4 (297 x 210 mm) e em espço duplo (incluindo as referências e explicações das figuras, quadros e desenhos), com amplas margens e numeração de linhas. As palavras em idiomas diferentes ao do texto, os nomes específicos e os genéricos devem ir em itálica. A fonte deverá ser tamanho 12, Times New Roman. Todas as folhas do manuscrito deverão estar devidamente identificadas e numeradas.
3. Primeira página. Deve conter: 1. Título (escrito em minúscula, curto e informativo; deve incluir localização geográfica e estratigráfica, exceto em temas de discussão teórica). 2. Nome dos autores (sobrenomes em maiúsculas e nomes em minúscula). 3. Endereço postal dos autores (incluindo o correio eletrônico). 4. Número total de páginas (texto + referências), ilustrações, quadros, etc. 5. Proposta de cabeçalho em não mais de seis palavras que não excedam os 60 caracteres com espaços. 6. Nome do autor ao qual deve ser enviada a correspondência.
4. Segunda página. Conterá no início resumos em dois idiomas (com exceção das Notas que carecem de resumo), um no idioma em que está escrito o trabalho e outro em inglês ou em espanhol, este último resumo virá precedido do título do trabalho. Cada um não deverá superar as 250 palavras e constará de um único páragrafo. Nos resumos não se incluirão referências bibliográficas mas sim o nome de novos táxons e as principais conclusões do trabalho. Sobre a elaboração do resumo ver editorial publicado no tomo 33 (3), 1996. Seguir as indicações ali expostas.
Depois dos resumos serão incluídas as Key words/Palavras-chave (não mais de oito e separadas por pontos). No caso das Notas, incluir o título do trabalho em inglês para aquelas notas escritas em espanhol ou português, e o título em espanhol para as notas em inglês.
Organização
5. O texto deverá estar dividido em seções, com títulos curtos. Eis possíveis seções principais: Introdução, Contexto/Marco Geológico, Materiais e Métodos, Resultados (incluindo, se houver, Sistemática Paleontológica, com suas descrições e comparações), Discussão, Conclusões, Agradecimentos e Referências. Em página separada devem constar as explicações de figuras, quadros e desenhos. Não se incluirão notas de rodapé. A citação de autores no texto poderá ser direta ou indireta, e se referirá à lista de referências final. Se forem citados vários autores, a ordem deverá ser cronológica e deverão estar separados por ponto e vírgula.
6. Nomenclatura. A nomenclatura dos táxons deverá seguir as regras e recomendações atualizadas do Código Internacional de Nomenclatura Botânica e Código Internacional de Nomenclatura Zoológica. A partir do nível de gênero dos táxons fósseis deverá ser incluída a citação dos autores na bibliografia. As escalas de tempo utilizadas deverão ser ajustadas às atualizações das diferentes comissões da IUGS.
7. Sistemática paleontológica. Todas as categorias sistemáticas deverão estar centralizadas e em maiúsculas, salvo gênero e espécie, que irão em maiúsculas e minúsculas. A espécie-tipo de cada gênero tratado sistematicamente se indicará alinhada à margem esquerda. Todas as espécies descritas deverão estar acompanhadas de sua respectiva ilustração, colocadas depois do cabeçalho, centralizado e sem parênteses. No caso de descrever novos táxons, obrigatoriamente deverão ser incluídos a derivação do nome, indicação de tipos, procedência geográfica e estratigráfica, repositório, diagnose no idioma do trabalho e em inglês, descrição e comentários.
8. Evitar longas listas sinonímicas, citando apenas aquelas consideradas importantes por serem novidades nomenclaturais.
9. Para a elaboração das listas sinonímicas, os autores deverão referir-se aos últimos números da Ameghiniana e considerar os seguientes exemplos:

Variabiloconus variabilis (Lindström, 1955)
1955. Oneotodus variabilis Lindström: 582; lâm. 2, figs. 14-18; lâm. 5, figs. 4-5; text. fig. 6.
1974. Drepanoistodus acuminatus (Pander). van Wamel: 62, 63; lâm.2, figs. 4, ?5.
1983. Oneotodus? variabilis Lindström. Landing: 1179; text. fig. 10 S,U. lâm. 1, 2; text. fig. 2
(cum syn.).Teridontus nakamurai (Nogami, 1967)
1967. Oneotodus nakamurai Nogami: 216-217; lâm. 1, figs. 9, 12; text. figs. 3 A, B.
1980. “Oneotodus” nakamurai Nogami. Landing et al.: 28, 29-31; fig. 8 A-C (cum syn.).
1994. Teridontus nakamurai (Nogami). Lehnert: 255, 256; lâm. 1, figs. 5, 11 (cum syn.).
1994. Teridontus nakamurai (Nogami). Ji e Barnes: 64-65; lâm. 24, figs. 1-9, text.fig. 37 C

Referências
10. Incluir nas referências todos os trabalhos citados no texto, as figuras e os quadros.
Para ordem e pontuação, os autores deverão consultar os últimos números da Ameghiniana e considerar os seguintes exemplos:
• Be, J.L. 1958. Plioceno de Santa Cruz. Acta Geologica Lilloana 2: 5-33.
• Be, J.L. 1984. Late Cretaceous floral provinces. Em: P. Brenchly (ed.), Fossils and Climate,
Wiley Editors, New York, pp. 127-164.
• Be, J.L. 1996. Coniferae. Em: D. Maddison e W. Maddison (eds.), Tree of Life. World Wide
Web: http: //www.nmnh.
• Be, J.L. e Ce, M. 1981. El género Botrychiopsis. 2° Congresso Latino-Americano de
Paleontologia (Porto Alegre), Anais 1: 157-159.
• Be, J.L., Ce, M. e Ele, T.A. 1980. Macroflore du Crétacé de l' Espagne. Em: P. Taquet (ed.),
Ecosystèmes continentaux du Mésozoîque, Memoires de la Société Géologique de France
139: 5-9.
• Be, J.L., Ae, N.S. e Ele, T.A. 1983. Paleobotany and the evolution of plants. Cambridge
University Press. Cambridge, 405 pp.
• Be, J.L., Ae, N.S. e Zeta, R.B. 1986.[Estratigrafía de la región del río Genoa, provincia del
Chubut. Informe Dirección de Minas y Geología, Buenos Aires, 35 pp. Inédito]

Recomenda-se aos autores verificar cuidadosamente a correspondência entre os trabalhos citados no texto e os listados nas referências.

Imagens
11. O tamanho de caixa da revista é de 170 x 240 mm (a largura de uma coluna é de 82 mm).
Uma página de ilustrações será publicada gratuitamente cada 2500 palavras de texto. O espaço nas figuras deve ser otimizado. Quando as figuras estiverem compostas por mais de um elemento individual, eles serão identificados com números arábicos. As figuras serão numeradas de maneira correlativa, conforme a ordem em que são citadas no texto.
12. As figuras deverão ser apresentadas no tamanho final de publicação (tamanho de caixa). Os exemplares dos desenhos ou fotografias deverão ser devidamente identificados na legenda correspondente. As ilustrações deverão ser apresentadas em formato digital, como documento TIFF (com uma resolução não menor de 300 dpi). Todas as figuras devem ter escala gráfica ou bem especificar aumentos nas referências.
13. Linhas contínuas, pontilhadas e letras. Utilizar linhas, de preferência não mais finas que 1 pt. Evitar, se for possível, linhas pontilhadas pois costumam produzir figuras de interferência. Os números/letras de maior tamanho não devem superar em mais de 2 ou 3 vezes os de menor tamanho, que não devem ser menores de 8 pt. Os números/letras devem ser proporcionais ao desenho e de tipo Arial ou Times New Roman.
14. Fotografias. Serão enviadas no tamanho final de publicação, em foco e com bom contraste. As fotografias deverão ser apresentadas em formato digital, como documento TIFF (com uma resolução não menor de 300 dpi). Se for possível, cada elemento será iluminado de cima e à esquerda.
Se várias fotografias forem reunidas na mesma figura, o tom e o contraste deverão ser semelhantes. No caso de fotografias quadrangulares, as bordas deverão ser paralelas às bordas da caixa. Caso fosse necessário eliminar e/ou modificar o fundo que rodeia o fóssil, a fotografia deverá ser retocada cuidadosamente, sem alterar as bordas do exemplar.
15. Os números, flechas, escalas gráficas ou qualquer outra indicação sobre as ilustrações devem ser do mesmo tamanho e estilo.
Legendas e localização de figuras, quadros e tabelas.
16. As legendas das figuras, quadros e tabelas serão apresentadas depois da bibliografia e fora do texto. Todas as abreviaturas e siglas deverão estar definidas nas legendas. Para manuscritos em espanhol ou português, o texto de cada legenda deverá ser traduzido ao inglês; para manuscritos em inglês, o texto de cada legenda deverá ser traduzido ao espanhol.
17. Sugere-se indicar no texto a localização aproximada das figuras, quadros e tabelas. Figuras e quadros devem ser mencionados no texto de maneira correlativa, em minúscula e sem abreviar.
18. Separatas. O arquivo pdf do artigo será entregue gratuitamente. Os autores poderão solicitar, mediante pagamento, 25 ou mais separatas extras de seus artigos no momento de devolver corrigidas as provas de impressão.

INSTRUÇÕES DETALHADAS PODEM SER CONSULTADAS EM :    www.ameghiniana.org.ar

 

 

Envio de manuscritos

 

O envio deve se feito on-line, através do site: www.ameghiniana.org.ar
Como parte do processo de envio, solicita-se aos autores que indiquem que seu envio cumpre com todos os seguintes elementos, e que aceitem que envios que não cumprirem com estas indicações possam ser devolvidos ao autor.

  1. O envio não foi publicado previamente nem foi enviado simultaneamente a outra revista (nem foi entregue uma explicação em Comentários ao / à editor/a).
  2. O texto tem espaçamento entrelinhas duplo; fonte Times New Roman, tamanho 12 pontos; utiliza-se itálica em lugar de sublinhado; e todas as ilustrações, figuras e tabelas se encontram em formato tiff, com resolução igual ou superior a 300dpi.
  3. Os arquivos a enviar incluem: uma versão completa do manuscrito (incluindo figuras) em formato pdf. não maior de 4Mb (lembre que pode utilizar a ferramenta reduzir tamanho do arquivo no programa Acrobat), e como arquivos complmentares: 1) o arquivo de texto em formato Microsoft Word ou RTF, 2) os arquivos de figuras em formato tiff, com indicação clara de seu número e 3) uma carta indicando cinco potenciais revisores.
O texto cumpre com os requisitos bibliográficos e de estilo indicados nas Instruções aos autores, que constam em Acerca desta revista.
 

 

[Home] [Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


2014 Asociación Paleontológica Argentina

Maipú 645
(C1006ACG) - Ciudad Autónoma de Buenos Aires
ública Argentina
Tel.: (54-11) 4326-7463
Fax: (54-11) 4326-7463

www.apaleontologica.org.ar/
logo
secretar@apa.inv.org.ar

SciELO Argentina URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_serial&pid=0002-7014&lng=pt&nrm=iso