logo

ISSN 1851-4669
versão online
ISSN 0329-3807
versão impressa

Instruções aos autores

 

Escopo e política

 

Serão aceitos os seguintes tipos de contribuições:

  • Artigos ou ensaios (sujeitos à avaliação externa). Máximo 55.000 (cinquenta e cinco mil) caracteres incluídas notas e bibliografia.
  • Resenhas de livros: entre 5.000 (cinco mil) e 10.000 (dez mil) caracteres.

O Comitê Editorial se reserva os seguintes direitos:

  • Pedir artigos ou resenhas a especialistas quando considerar conveniente (estes casos serão submetidos também a uma avaliação externa).
  • Recusar colaborações que não pertençam ao perfil temático da revista ou que não se ajustem às normas de estilo.
  • Estabelecer a ordem em que serão publicados os trabalhos aceitos.

As contribuições serão avaliadas por consultores externos. Durante o processo de avaliação, aos consultores não será revelado o nome do(s) autor(es) e vice-versa. Os autores serão notificados da aceitação ou não dos manuscritos. Quando os avaliadores considerarem conveniente, o manuscrito será devolvido a seu autor para que introduza as modificações sugeridas dentro dos prazos estabelecidos pelo Comitê Editorial.

 

 

Forma e preparação de manuscritos

 

O estilo geral do artigo, as notas finais e a bibliografia devem seguir os padrões definidos na última edição do MLA Manual of Style. Não se publicam quadros, gráficos nem mapas.
Prefere-se a publicação em espanhol e não se traduzem os artigos nem as resenhas apresentadas em outro idioma.

Critérios gerais de apresentação

  • Tipo de fonte: Times New Roman corpo 12 para o título do trabalho, nome do autor e corpo do texto.
  • Margens superior e inferior de 2,5 cm.
  • Margens direita e esquerda de 3 cm.
  • Notas em fonte Times New Roman corpo 10 no final do texto.
  • No corpo do texto, não deve ser usado sublinhado nem negrito. Se for necessário dar ênfase a uma palavra, pode-se utilizar itálico ou cursiva.
  • Não usar linhas nem gráficos para a separação de notas, parágrafos, citações, etc.
  • Deixar um espaço simples depois de cada sinal de pontuação.
  • Primeira página
    • Título do artigo em letra minúscula (exceto letra inicial ou nomes próprios) e sem ponto final.
    • Nome e sobrenome do(s) autor(es) e a instituição responsável na segunda linha logo após o título.
    • Resumo consistente em um único parágrafo.
    • Palavras-chave em espanhol e sua equivalência em inglês (Keywords), máximo cinco.
  • Texto

2.1. Espaçamento duplo entre linhas.
2.2. Cada parágrafo começará com uma margem sem tabulações.
2.3. Títulos: as diferentes seções do texto podem estar separadas, para maior clareza, por subtítulos em fonte corpo 12, assim como o resto do texto.
2.4. As cursivas serão utilizadas em títulos de livros, jornais, revistas, filmes, palavras em outro idioma, ou em palavras a serem destacadas.

  • Citações

3.1. As citações no interior do texto e  de até quatro linhas serão escritas em redondo e entre aspas.
3.2. As citações superiores a quatro linhas deverão estar em parágrafo distinto, em cursiva corpo 11, sem aspas e com uma linha em branco separando do parágrafo anterior e posterior.
3.3. As referências a um texto citado serão realizadas no corpo do texto: entre parênteses será indicado o sobrenome do autor, ano da publicação (se forem citados dois ou mais trabalhos de um mesmo autor) e páginas citadas se corresponder. Por exemplo: (Suárez 1985:93). Na lista bibliográfica, no final do trabalho, deverá constar o texto detalhado. Para mais de três autores será usado o primeiro autor seguido por “et al” (Johnson et al 1970:25-26). Para mais de uma obra do mesmo autor e ano, serão colocadas letras em ordem alfabética (Alonso 1988a); (Alonso 1988b).

  • Notas

4.1. Todas serão colocadas na última página, ao final do texto.
4.2. Serão numeradas consecutivamente. A primeira corresponderá aos agradecimentos, caso existam, ou a qualquer esclarecimento sobre a natureza do trabalho. Aconselha-se não utilizar notas desnecessárias.

  • Bibliografia

5.1. Todas as citações no texto devem ter sua correspondência na bibliografia.
5.2. As referências da bibliografía serão ordenadas alfabeticamente pelo sobrenome do(s) autor(es).
5.3. O título da obra será colocado em cursiva seguido do volume, lugar de edição, editora e ano de publicação. Quando forem citados vários trabalhos de um mesmo autor, serão ordenados cronologicamente de acordo com o ano de publicação e se houver várias referências relativas ao mesmo ano serão ordenadas alfabeticamente pelo título do trabalho, acrescentando-se uma letra minúscula.
5.4. Caso sejam citados artigos, será utilizada a mesma ordem indicando o título do artigo em redondo entre aspas. Em cursiva aparecerá o nome da revista ou da publicação de onde o artigo tenha sido extraído. Será indicado o número do volume, número do exemplar, data de publicação entre parênteses e as páginas em que aparece o artigo mencionado.
5.5. Na bibliografia aparecerá invertido somente o nome do primeiro autor. Exemplo: Borges, Jorge Luis, Adolfo Bioy Casares (e não: Bioy Casares, Adolfo).
5.6. Em caso de autoria desconhecida, a entrada é feita pelo título, em ordem alfabética, sem acrescentar “Desconhecido” ou “Anônimo”.

Exemplos:
Moreiras, Alberto. Interpretación y diferencia. Madrid: Visor, 1991.

Garza Cuarón, Beatriz. El español hablado en la ciudad de Oaxaca, México.Caracterización fonética y léxica. Serie Estudios de Dialectología Mexicana,
vol.2. México: El Colegio de México, 1987.

Astutti, Adriana. “El retorno de la infancia en Los misterios de Rosario y Cómo me
hice monja, de Cesar Aira”. Revista Iberoamericana II.8 (2002): 151-167.

Edens, Walter et al. (Eds.). Teaching Shakespeare. Princeton: Princeton UP, 1977.

Sánchez, Cecilia. “A la espera del milagro. Naturaleza, soledad, mesticidad e intrahistoria en el mundo social latinoamericano”. Ensayismo y Modernidad en América Latina. Comp. Carlos Ossandón. Santiago (Chile): Arcis-Lom, 1996. 37-70.
Lousteau, Gabriela. “Los discursos políticos y la crisis institucional en Argentina”. Revista Argentina de Humanidades y Ciencias Sociales. V.1, (2007). Edição on line. 4 de abril de 2009.
Para outras entradas, cujos modelos não são apresentados aqui, disponível acesso em: http://owl.english.purdue.edu/handouts/research/r_mla.html.

 

 

Envio de manuscritos

 

Os manuscritos serão enviados ao Comitê Editorial em sua versão definitiva. Apresentar uma cópia digital através do correio eletrônico ou em CD-ROM. Em outra folha serão colocados os seguintes dados: título do trabalho, dados pessoais do autor, instituição responsável, endereço para correspondência, um resumo do trabalho em espanhol (máximo: duzentas palavras) e em inglês e cinco palavras-chave em cada um dos idiomas.

 Endereço: Cnel. Gil 353, 3º Piso, Santa Rosa, La Pampa, Argentina (CP L6300DUG).     Tel: 00 54 2954-451630
e-mail: anclajes@fchst.unlpam.edu.ar

 

 

[Home] [Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


© 2011 Universidad Nacional de La Pampa. Facultad de Ciencias Humanas. Instituto de Análisis Semiótico del Discurso

Coronel Gil 353 - Piso 3
(L6300DUG) Santa Rosa, Pcia. de La Pampa
República Argentina

Tel. (+54 2954) 45-1630
Fax: (+54 2954) 43-3037

anclajes@fchst.unlpam.edu.ar

SciELO Argentina URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_serial&pid=1851-4669&lng=es&nrm=iso