ISSN 1669-8568
versão impresa
ISSN 2313-9277
versão on-line

Instruções aos autores

 

Escopo e política editorial

 

O ANUÁRIO DE HISTÓRIA DA EDUCAÇÃO é uma revista científica/acadêmica da Sociedade Argentina de História da Educação (SAHE). Trata-se se de um órgão que expressa a atividade cientifica da temática especificada. É uma publicação acadêmica de regime duplo-cego que tem como objetivo apresentar e difundir a produção histórico-educativa mais recente.
Aceita contribuição de pesquisadores de outros países que complementem e enriquecem a produção nacional. O primeiro número foi lançado em 1996. Integra o Núcleo Básico de Revistas, formado por publicações cientificas e tecnológicas argentinas de alto nível.

 

 

Forma e preparação de manuscritos

 

Propomos a seguinte extensão para as apresentações:

Artigos, de 30.000 a 60.000 caracteres com espaço

Resenha de tese ou dissertação de mestrado de 5.000 a 10.000 caracteres com
espaço. Deverá constar os seguintes dados: orientador/a, membros da banca e
suas instituições de origem, lugar e data da defesa da tese ou dissertação.

comentários bibliográficos, de 7.000 a 14.000 caracteres com espaço.

Artigos:

Na primeira página deverá constar o título e o resumo do trabalho em espanhol, ou em português, e em inglês, com 150 a 200 palavras e 5 palavras-chaves;

As notas devem ser incluídas no final do trabalho e devem ser usadas quando for extremamente necessário para dar informações paralelas ao texto. Solicita-se não fazer citações contendo referências bibliográficas, que, neste caso corresponde às orientações seguintes;

As citações no interior do texto devem obedecer as seguintes normas: um autor (Weinberg, 1984); dois autores (Kaufmann e Doval, 1997); três ou mais autores (Terreno et al., 1998). Para diferentes trabalhos do mesmo autor, com a mesma data, serão assinalados por letras minúsculas após a data.

Para citações indiretas: O modelo educativo dominante, latino americano, de 1880 até 1980, foi reconhecido como SIPCE (Puiggrós, 1994, p. 17).

Citação direta de menos de três linhas: Seguindo a proposta de Gregorio Weinberg, “é o ´modelo´ que dá sentido ao processo educativo, e é em função do mesmo que corresponde avaliar os resultados” (Weinberg, 1995, p.16).

Citação direta com mais de três linhas: fonte Arial 10, sem espaço e com recuo na esquerda de 2 cm:

De allí en más el proceso de expansión de la enseñanza primaria fue más bien inerte. No volvieron a registrarse saltos de la misma significación. Sin embargo, pueden definirse dos momentos claves. Uno se inició alrededor de 1905. Convergieron entonces la activación de las nacientes capas medias, los requerimientos vinculados a la primera etapa del proceso de industrialización y el fortalecimiento de la acción del Estado Nacional a través, fundamentalmente, del proceso de creación de escuelas nacionales en la provincias luego de dictada la ley Lainez en 1905 (Tedesco, 1979). El segundo se produjo entre 1949 y 1955, periodo de cambios cualitativos en el crecimiento industrial, de activación política de los trabajadores asalariados en este sector y de fuerte acción del Estado en el área educativa. (Braslavsky, 1987, p. 105).

As referências bibliográficas devem ser indicadas pelo sobrenome do autor e o ano da publicação colocada entre parênteses. Caso tenha mais de una obra do mesmo autor do mesmo ano, deve-se incluir as letras a, b, c, etc. após o ano de publicação.

Incluirá somente a bibliografia citada, que se detalhará no final do trabalho seguindo as seguintes normas:

Para livros:

Bowen, James (2001). Historia de la Educación Occidental. Tomo III: El occidente moderno. Europa y el Nuevo Mundo. Siglos XVII-XX. Barcelona: Herder.

Para Artigos

Chartier, Anne- Marie (2009). ¿Con qué historia de la educación debemos formar a los docentes? Anuario de Historia de la Educación Nº 9: 15-38. Buenos Aires: Prometeo Libros.

Para páginas na Web

Cucuzza, Héctor Rubén (1996) "Hacia una redefinición del objeto de estudio de la Historia Social de la Educación". Disponible: http://www.histelea.unlu.edu.ar/pdf/cucuzza02.pdf, consultado 25/03/2010.

Teses

Dussel, Inés (2001) School Uniforms and the Disciplining of Appearances: Towards a Comparative History of the Regulation of Bodies in early Modern France, Argentina, and the United States. Tesis Doctoral, University of Wisconsin- Madison, Madison, WI.

 

 

Envio de manuscritos

 

Os embarques serão enviados para o seguinte endereço:

Anuário Diretor Editorial da Educação História
Dr. Paulo Pineau

Facultad de Filosofía y Letras
Instituto de Investigaciones en Ciencias de la Educación, Off. 426 (Appeal)
Púan 480
Ciudad Autónoma de Buenos Aires

Você também deve enviar um e-mail para o e-mail informando porte anuario_sahe@yahoo.com.ar e colocando ambos os documentos nas mesmas ordens. Somente com o cumprimento desta condição é o trabalho recebido.

Para todos os outros escritos devem ser enviados via e-mail.

Trabalhos apresentados não aplicar os requisitos especificados não serão considerados para a avaliação.
A publicação dos artigos está sujeita à aprovação prévia do Conselho Editorial. Após a avaliação será enviado pelo menos dois revisores externos a partir de critérios de afinidade temáticas. A aceitação final dos produtos dependerá da recomendação dos avaliadores, que irá sugerir ajustes para a publicação.

 

[Home] [Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


2014 Universidad de Buenos Aires. Facultad de Filosofía y Letras
Instituto de Investigaciones en Ciencias de la Educación

Puan 480, 4to piso. Instituto de Investigaciones en Ciencias de la Educación. Facultad de Filosofía y Letras. Universidad de Buenos Aires. Buenos Aires, Argentina
Tel.: (54-11) 4432-0606, int. 126.

http://www.sahe.org.ar/
logo
anuario_sahe@yahoo.com.ar

SciELO Argentina URL:

http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_serial&pid=2313-9277&lng=pt&nrm=iso