logo

ISSN 1666-2105
versão impressa
ISSN 1850 373X
versão online

Intruçoes aos autores

 

Escopo e política editorial

 

1. POLÍTICA EDITORIAL
INTERSECCIONES EN ANTROPOLOGÍA é uma publicação anual da Faculdade de Ciências Sociais da Universidad Nacional del Centro de la Provincia de Buenos Aires. Tem como objetivo publicar trabalhos originais sobre Antropologia Social, Bioantropologia, Arqueologia e disciplinas afins. A revista publica os seguintes tipos de contribuições: ARTIGOS INÉDITOS, ENSAIOS BIBLIOGRÁFICOS, NOTAS BREVES e RESENHAS DE LIVROS, podendo ser incluídos OBITUÁRIOS, que serão solicitados oportunamente.

  • ARTIGOS INÉDITOS (até 30 páginas incluindo tabelas, gráficos e figuras).
  • ENSAIOS BIBLIOGRÁFICOS: resenhas críticas de vários livros que tratem temas relacionados (até 10 páginas).
  • NOTAS BREVES fornecem informação sucinta sobre projetos de pesquisa em andamento (resultados preliminares de trabalhos de campo, análises de laboratório, etc.) bem como informação relativa a questões acadêmicas, científicas e/ou profissionais (até 7 páginas).
  • RESENHAS DE LIVROS (até 5 páginas). O Comitê Editor se reserva o direito de rejeitar os trabalhos que sejam considerados pobres em qualidade ou que não respondam às Normas Editoriais.

2. INFORMAÇÃO PARA OS AUTORES
2.1. Responsabilidades do Editor - Os trabalhos serão avaliados pelo Comitê Editor em consulta com dois avaliadores da Universidade ou externos. Os relatórios dos avaliadores serão anônimos a menos que eles decidam o contrário. A decisão de aceitar ou rejeitar o manuscrito é responsabilidade dos editores, os quais notificarão os autores.
2.2. Responsabilidades do Autor
FORMULÁRIO DE DECLARAÇÃO E DE CONSENTIMENTO DOS AUTORES

Os autores que prefiram permanecer anônimos durante o processo de avaliação (avaliação cega) devem comunicá-lo ao enviar seu trabalho, caso contrário não se ocultará sua identidade. Os autores assinantes são responsáveis pelo conteúdo de seus escritos, pela exatidão dos dados indicados e pelas citações bibliográficas.
Ao enviar o trabalho a INTERSECCIONES EN ANTROPOLOGÍA os autores se comprometem a não apresentá-lo a outras revistas. No caso de trabalhos apresentados em Congressos deve certificar-se de que não se publicarão as Atas do mesmo ou que o artigo foi retirado com o acordo dos organizadores. O envio de manuscritos implica na cessão de direitos de autor e editoriais para a Revista. Os autores que utilizem material inédito de outros profissionais devem enviar ao Comitê uma licença escrita. Todos os serviços vinculados à publicação (cópia, redigitação, elaboração de abstracts, traduções, preparação de ilustrações, etc.) são exclusiva responsabilidade dos autores.
Quando seja realizada a prova de edição, as contribuições aceitas serão enviadas aos autores para checar erros tipográficos. Não se admitirá reescrita do texto nesta instância.
Solicita-se aos autores que aceitem o princípio de autorizar correções de estilo que facilitem a leitura dos artigos sem alterar seu conteúdo.
 

 

Forma e preparação de manuscritos

 

1. Preparação
Deverão ser enviadas 3 (três) cópias em papel tamanho A4, espaço 1,5 Times New Roman 12, margens superior e inferior 3 cm, margem direita 2,5 cm, margem esquerda 3,5 cm. Texto alinhado, impresso numa única face do papel. Também deverá enviar-se uma cópia ao endereço eletrônico da revista contendo a versão do artigo em processador de texto Microsoft Word sob Windows 98 ou superior. 
2. Forma
Seções do manuscrito:
Título 
Resumo 
Abstract
Texto 
Agradecimentos
Referências citadas
Notas
Figuras 
Tabelas 
2.1 Título (página 1)
Centralizado, maiúsculas tipo oração e em negrito
2.2 Autor/es
Centralizado, com chamada no rodapé indicando a que instituição pertence, endereço postal e correio eletrônico.
2.3 Resumo:
Deverá ser realizado em espanhol e em inglês e ter uma extensão máxima de 200 palavras. Deve apresentar um panorama dos pontos temáticos sobre os quais versa o artigo e não incluir referências bibliográficas. Deverá conter uma síntese do conteúdo e principais conclusões do trabalho e destacar especialmente sua relevância.
Palavras chaves:
Deve incluir entre 3 e 5 palavras chaves, em espanhol e em inglês (keywords).
2.4 Texto
Títulos principais 
Centralizados, em maiúsculas e em negrito.
Títulos secundários 
Sobre a margem esquerda, em maiúsculas só as palavras significativas, em negrito e sublinhado.
Títulos terciários 
Sobre a margem esquerda em negrito. Na linha seguinte se dará lugar ao texto.
Números 
Números cardinais de zero a nove podem expressar-se com palavras, de mais de nove devem expressar.se em números arábicos. Utilize ponto e vírgula para separar quantidades: 5.000; 10.000; 75.000. 
Quando encabeçam uma oração devem expressar-se por extenso: "Dez mil anos de história..."
Os números ordinais se expressam com palavras: "Durante a terceira rodada de entrevistas..."
Medidas métricas
As medidas de distância, área, volume e peso devem ser expressas no sistema métrico decimal. As unidades métricas se abreviam sem pontos: 18 cm, 3 m, 28 ha. Os  litros não se abreviam para evitar confusão com o número arábico "1". 
As medidas não se abreviam quando são usadas de modo não específico ou aparecem no início da oração: "Vários metros cúbicos de preenchimento...". "Três quilômetros desde o site...".
Idades e dados radiométricos
A
s idades radiocarbônicas não calibradas devem:
1. estar baseada sobre 5.568 anos de vida média de C14 (dividir as idades radiocarbônicas baseado em 5.730 anos de vida média por 1.03);
2. estar expressa em anos AP.;
3. estar seguida por 1-sigma desvio padrão tal e qual é informado pelo laboratório
4. incluir o número de identificação dado pelo laboratório;
5. determinar que material foi datado (e.g., madeira carbonizada, sabugo de milho, osso);
6. estabelecer se a datação tem sido corrigida por fracionamiento isotópico. Se o valor de delta carbono 13 tem sido informado pelo laboratório, então esta correção por fracionamento isotópico tem sido realizada. A melhor forma de indicar isto é proporcionando o valor de delta carbono 13.
Exemplo: 3680 + 60 AP. (Pta-3964; osso; d13C = -23.8‰).
As datações calibradas devem ser sempre identificadas como tais, usando as convenções cal DC. ou cal AC. (note o lugar que ocupa e a pontuação de cal). Os autores devem identificar a calibração particular utilizada, devem indicar se a calibração está feita com 1 sigma ou com 2 sigma (2 sigma é preferido), e apresentar a idade calibrada como um intervalo da idade calendário (ou intervalos quando mais de um é possível). Se existe mais de um intervalo possível da idade calendário e o programa de calibração lhe outorga probabilidades a cada um, estas probabilidades devem ser incluídas. 
Exemplo: Para a datação 3680 + 60 AP. os dois possíveis intervalos de idades são 2279-2232 cal AC. (p = .05) e 2209-1905 cal AC. (p = .95). (Calibração a 2 sigma com o programa CALIB 2.0 [Stuiver and Reimer 1986].). Se são várias as datações calibradas incluídas no manuscrito, se aconselha apresentar as datações em forma de tabela.
O peso atômico de um isótopo deve ser indicado como superíndice.
Exemplo: C14 (no utilizar C-14 o 14C) 
Citações textuais 
As
frases citadas textualmente que tenham mais de cinco linhas devem ser escritas em parágrafos com uma ordem de recuo na margem esquerda e estarão separadas do texto por espaço duplo antes e depois. As citações de cinco linhas ou menos devem ser incluídas dentro do texto entre aspas. Utilize aspas simples (' ') só quando for necessário utilizá-las dentro de uma citação textual. 
No caso de citação de entrevistas ao finalizar a citação agregue entre parênteses: nome e sobrenome do entrevistado, comunicação pessoal e data. Caso o autor considere necessário preservar a identidade do entrevistado poderá usar nomes fictícios esclarecendo-o previamente.
Itálico 
Devem utilizar itálico:
· As palavras que não sejam do idioma em que o trabalho está escrito
· Os nomes científicos: Homo sapiens sapiens; Spondylus sp.
· Os títulos de livros, revistas e outros trabalhos literários incluídos no texto
· As letras que representam variáveis matemáticas 
· As expressões em latím ou idioma estrangeiro de uso comum: in situ, a priori, et al., vis-à-vis, e.g., i.e., etc.). 
Abreviaturas
Não se aceitam abreviaturas nos títulos. É recomendável evitar seu uso, se possível. 
2.4.1 Referências bibliográficas no texto
Devem ter o seguinte formato:
Citação simples: (Bourdieu 1998) (Bourdieu 1998:36) (Bourdieu 1998:145-179)
São citados até dois autores, se são mais de dois se nomeia o primeiro autor e se acrescenta "et al.": (Gutierrez et al. 1999) 
Nota: o uso de "et al." está restrito à citação no texto. Nas  Referências Citadas devem ser incluídos todos os nomes dos autores.
Vários autores citados num lugar e/ou várias referências do mesmo autor
As referências são sempre ordenadas alfabeticamente por autor dentro da citação.
Ponto e vírgula é utilizado para separar os trabalhos de diferentes autores e as vírgulas para separar trabalhos cronologicamente ordenados do mesmo autor
(Ashmore 1986; Coe 1965; Foz 1987, 1991; Freidel 1986; Freidel e Schele 1986)
Dois autores, mesmo sobrenome, mesmo ano de publicação
Deve acrescentar-se a inicial do primeiro nome do autor: (J. Smith 1982; N. Smith 1982) 
Citações de agências governamentais, empresas, etc.
(United States Department of Agriculture, Soil Conservation Service [USDA, SCS] 1975). Se continua sendo citada se utilizará o acrônimo localizado entre colchetes.
Citações com figuras ou tabelas especificadas
(Jones e Wilson 1971:Figura 2), (Johnson et al. 1970:Tabela 1)
Citações de livros e artigos no prelo 
Deve ter uma data de publicação. Não utilize "n.d." ou "no prelo" dentro do texto. 
(Kuttruff 1992) 
Sem especificação de autor
Cite o grupo ou a agência que tenha publicado o relatório
Exemplo: (United Nations 1963), (Committee on Ethics 1977) 
Citações de material de fontes primárias (material inédito de arquivo, registros administrativos, cartas, etc.).
Dar a conhecer nome do arquivo, título do trabalho, natureza do material, nome da coleção, número de identificação (dossiê, fascículo, folha), data, localização geográfica.
(Archivo General de la Nación, Lima [AGN], Juzgado de Aguas 3.3.7.23, f. 3v); (Archivo General de Indias, Sevilla [AGI], Papeles de Cuba, dossiê 2365, f. 345); 
Se uma fonte primária citada provém de uma fonte publicada, então deverá seguir as instruções convencionais.
Nota: As citações de fontes primárias aparecem apenas no texto e não são repetidas nas Referências Citadas. 
Citações da primeira edição 
A data de publicação original deve ser escrita entre colchetes 
(Cobo 1956:169 [1653]) (Russell e Erwin 1980 [1865])
Citações de jornais
(Weekly Missouri Courier [WMC], 7 de Julho de 1838:número de páginas) 
Comunicação pessoal, trabalhos inéditos
(K. Schreiber, comunicação pessoal 1990) 
Deve anexar uma licença por escrito outorgada pela(s) pessoa(s) que oferece a informação para poder usá-la numa comunicação pessoal. As citações da comunicação pessoal aparecem apenas no texto e não devem ser repetidas nas Referências Citadas.
3. Agradecimentos
São inseridos no final do texto, antes das Referências Citadas. Centralizado, tipo oração e em negrito. Todo tipo de apoio recebido para efetuar o trabalho deve ser citado: financeiro, institucional, intelectual e técnico (e.g., design gráfico, tradução do resumo).
4. Referências citadas
Todas as referências bibliográficas citadas têm que ser parte da bibliografia e vice-versa.
Devem estar ordenadas alfabeticamente e respeitar o seguinte formato: autor/es, data, título, editora, lugar de publicação. Dois ou mais trabalhos do mesmo autor devem ser ordenados cronologicamente. Dois ou mais trabalhos do mesmo autor no mesmo ano se identificarão com o acréscimo de uma letra minúscula. 
Livros de um só autor
Schiffer, M.B.
1976 Behavioral Archaeology. Academic Press, New York. 
Livros de vários autores 
Hampton, D. R., C. E. Summer y R. A. Weber
1978 Organizational Behaviour and the Practice of Management. 3ra ed. Scott, Foreman, Glenview, Illinois. 
Livro editado ou compilado (editor ou compilador como autores)
Diddle, C.E. (editor)
1980 [sixteenth century] Codice Xolotl. Universidad Autónoma de México, México, D.F.
Livro Traduzido
Bonavia, D. 
1985 Mural Painting in Ancient Perú. Traducido por P. J. Lyon. Indiana University Press, Bloomington.
Livro reimpresso ou reeditados
Quando se deseje indicar a publicação original de um livro junto com a data de reimpressão ou reedição utilize o seguinte formato:
Cobo, B.
1956 [1653] Historia del Nuevo Mundo. Obras del P. Bernabé Cobo de la Compañía de Jesús, editado por P. F. Mateos. Ediciones Atlas, Madrid. 
Livros ou outros itens sem autor
SCS Engineers
1986 A Survey of Household Hazardous Waste and Related Collection Programs. SCS Engineers, Reston, Virginia.
Coleção de vários volumes
Biggar, H. P. (editor)
1929 The Works of Samuel de Champlain, vol. III. The Champlain Society, Toronto.
Thwaites, R. G. (editor)
Título de um volume ou monografia numa série
Thomas, D. H. 
1981 The Archaeology of Monitor Valley: 2. Gatecliff Shelter. Anthropological Papers Vol. 59, Pt. 1. American Museum of Natural History, Nueva York.
Artigos numa Publicação Periódica
Seifert, D. J.
1991 Within Sight of the White House: The Archaeology of Working Women. Historical Archaeology 25 (4):82-108.
Artigo de autoria grupal
The Royal Society Conference of Editors
1968 Metrification in Scientific Journal. American Scientist 56: 159-164.
Artigo numa revista, sem autor
The Indian Homeland
1991 U.S. News and World Report. 8 July:27-28.
Nota: Este formato también se aplica a enciclopedias. No tenga en cuenta la inicial del artículo (i.e., the, el, la, etc.) cuando lo ordene por orden alfabético. 
Itens num jornal 
Quando não aparece o autor:
Weekly Missouri Courier (WMC) [Palmyra, Missouri]
1838 [breve descrição do que é citado, por exemplo: "Anúncio publicitário da firma H. e A. Stirman."] Julho, 7: número de página. Palmyra, Missouri.
Quando aparece o autor:
Martin, J. C.
1991 A Plug for Radio: Anthropologist Has Good Word for U.S. Techno-wizardry. Arizona Daily Star 2 de Diciembre de 1991:B5. 
Artigos em livros editados ou monografias
Fritz, J. M.
1978 Paleopsychology Today: Ideational Systems and Human Adaptation in Prehistory. En Social Archaeology: beyond Subsistence and Dating, editado por C. I. Redman, M. J. Berman, E.V. Curtin, W. T. Langhorne, Jr. N. M. Versaggi y J. Wanser, pp. 37-59. Academic Press, Nueva York. 
Artigo num volume editado numa série
Decidenreich, C.E.
1978 Huron. En Northeast, editado por B.G. Trigger, pp. 368-388. Handbook of North American Indians, vol. 15, W.C. Sturtevant, editor general. Smithsonian Institution, Washington, D.C.
Artigos em Anais, Atas de Congressos ou Séries de relatórios anuais 
Gruhn, R. Y L. Bryan
1977 Los Tapiales: A Paleoindian Site in the Guatemalan Highlands. Proceedings of the American Philosophical Society 121(3):235-273. Philadelphia.
Trabalho apresentado numa reunião científica
Joslin-Jeske, R. y R. Lurie
1983 Seeing Bipolar: A Blind Test. Trabajo presentado en la 48º Reunión Anual de la Society for American Archaeology, Pittsburgh. 
Relatórios institucionais ou feitos por contrato 
Use o seguinte formato para relatórios que não são publicados como parte de uma série. 
Cite apenas materiais que são de acesso público. 
Elston, R., J. O. Davis e G. Townsend
1976 An Intensive Archaeological Investigation of the Hawkins Land Exchange Site. Nevada Archaeological Survey. Apresentado a USDA Forest Service, Contrato Nº 39-5320. Cópias disponíveis em Nevada Archaeological Survey, Reno. 
Teses de graduação ou pós-graduação
Fritz, G.J. 
1986 Prehistoric Ozark Agriculture: The University of Arkansas Rockshelter Collections. Tesis Doctoral inédita, Department of Anthropology, University of Carolina, Chapel Hill.
Manuscrito no Prelo (artigo ou livro) 
Estes formatos só devem ser usados em manuscritos que tenham sido aceitos para sua publicação. Material ainda não aceito deve ser referenciado em forma de trabalho inédito. 
Kuttruff, J. T.
1992 Mississippian Period Status Differentiation through Textile Analysis: A Caddoan Example. American Antiquity, no prelo.
Trabalhos inéditos 
Recomenda-se não utilizar trabalhos inéditos. Se fosse imprescindível é necessária a permissão do autor ou da instituição onde se encontre. Cite o ano em que o manuscrito foi escrito, não use "n.d.". Indique sempre onde pode obter uma cópia. Não usar: "Manuscrito em posse do autor". 
Kent, S.
1992 The Organization of Storage Areas: A Cross-Cultural Perspective. Ms. en archivo, Anthropology Program, Old Dominion University, Norfolk, Virginia.
Artigos eletrônicos
Indicar entre parênteses a data em que foi consultada a página
Website
Barretto, Margarita. "Paradigmas Actuales de la Museología" 03 junio, 1998. http://www.naya.org.ar/articulos/museologia01.htm (01 abril 1999) 
Arquivos disponíveis por FTP:
Vitry, Christian. "Sitios arqueológicos de alta montaña, un patrimonio amenazado". 1er Congreso Virtual de Antropología y Arqueología. Outubro 1998. ftp://ftp.naya.org.ar/congreso/ponencia3-9.txt (01 abril 1999) 
5. Figuras e Tabelas 
Tabelas
Devem ser utilizadas em forma moderada, aconselha-se usá-las apenas quando os dados sejam numerosos. Incluí-las no final do artigo precedidas de uma lista das legendas de tabelas.
Tamanho das tabelas
Devem ser consideradas as limitações físicas do tamanho da revista. As tabelas amplas deverão ser fragmentadas ou colocadas num tipo reduzido.
Todas as seções da tabela deverão estar em espaço duplo.
Título e numeração das tabelas
Utilize sequencialmente números e números arábicos para todas as tabelas com a ordem citada no texto. Forneça um título breve para cada tabela, centralizado na parte superior da página. 
Exemplo de um título correto:
Tabela 2. Sumário das partes de esqueletos de um cemitério familiar.
Corpo das tabelas
Se não há dados para uma célula em particular, insira uma linha (-).
Nota na parte inferior das tabelas
Localize a informação pertinente de uma tabela completa numa "nota geral" (ver abaixo). A informação concernente à fonte dos dados deve ir numa nota geral (se toda a informação provém de uma só fonte) ou numa nota na parte inferior específica para uma entrada particular, seção, ou cabeçalho (ver abaixo).
Nota geral relativa à tabela completa. Exemplo:
Nota: Dato de Kent (1991); todas as dimensões em mm.
Nota específica para entrada, seção, ou cabeçalho. Exemplos:
C = crianças; A = adultos.
Contém objetos de latão decorativos idênticos aos encontrados nos enterros 2 e 6.
Os dados vêm de Owsley et al. (1987).
Notas indicando um nível de significado estatístico. Exemplos:
*p < .05.
**p < .01.
Citações de tabelas
Todas as tabelas devem estar citadas no texto, começando com Tabela 1 e continuando sequencialmente. Ex: (Tabela 1), (Tabela 1 e 2), (Tabela 1-3) "Como se ilustra na Tabela 1..."
Figuras 
NÃO DEVEM SER INSERIDAS NO ARQUIVO WORD DO TEXTO
Todo material ilustrativo deve ser referido no texto como "Figura"; Aceitam-se só fotografias em preto e branco impressas com clareza; o tamanho não deve superar 15 x 19 cm. 
O envio eletrônico das figuras deve ser feito em arquivos separados (o arquivo deve levar o nome e o número da Figura. Ex: Figura 3). As figuras devem estar em formato JPG ou TIFF com uma resolução NÃO MENOR de 300 dpi.
Figuras e legendas
Use tamanhos de letras o suficientemente grandes de modo que possam ser lidas bem, mesmo quando sejam reduzidas na publicação. A legenda não deve estar escrita dentro da figura. Todas as referências simbólicas dos mapas ou caracteres convencionais devem aparecer na figura, não na legenda. Os mapas devem ter flechas de orientação. Use uma escala visual quando inclua na figura objetos, planos, seções, etc. Localize a escala na figura atual, não na nota de rodapé. Use uma escala desenhada na figura, que depois vai ser reduzida na mesma proporção que a figura e permanecerá exata.
Numeração e legendas das figuras
Cada figura será citada no texto e deve estar numerada sequencialmente na ordem em que aparece, usando a seguinte forma. Exemplo: (Figura 2), (Figura 2-5), (Figura 1 e 2), (Figura 7ª-f), (Figura 1, 2, e 5), "Como se vê na Figura 5...". Forneça uma lista de legendas das figuras depois das Referências Citadas. 
8. NOTAS
Devem ser usadas com moderação. Não podem ser simples referências bibliográficas. Devem ser acrescentadas numa nova página depois da seção Referências Citadas sob o cabeçalho primário de NOTAS e estar numeradas correlativamente.

 

Envio de manuscritos

 

Versão Eletrônica: intersec@soc.unicen.edu.ar
Versão Impressa:
Comitê Editor INTERSECCIONES EN ANTROPOLOGIA
Facultad de Ciencias Sociales UNCPBA
Av. Aristóbulo del Valle 5737 - B7400JWI Olavarría 
Provincia de Buenos Aires, Argentina. 

Sugerimos utilizar meios de transporte confiáveis e preferir caixas-envio, para assegurar a chegada do material pontualmente e em condições.
 

 

[Home] [Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinaturas]


2014 Universidad Nacional del Centro de la Provincia de Buenos Aires. Facultad de Ciencias Sociales

Avda. Del Valle 5737
(B7400JWI) - Olavarría, Pcia. de Buenos Aires
República Argentina
Tel./Fax: (+54 2284) 450115/331

www.soc.unicen.edu.ar/intersecciones/
logo
soc@unicen.edu.ar

SciELO Argentina URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_serial&pid=1850 373X&lng=pt&nrm=iso