logo

ISSN 1852-1428
versão online
ISSN 1852-1207
versão CD-ROM

Instruçoes aos autores

 

Escopo e política

Todos os manuscritos (mss) são revisados criticamente. A decisão final a respeito da aprovação dos mesmos pertence somente aos editores.

Cinco tipos de trabalhos são aceitáveis: Comunicações Curtas, Artigos, Artigos de Revisão, Comentários e Erratas.

Comunicações Curtas: trata-se de descrições concisas, porém completas, de uma investigação limitada na qual uma publicação rápida é um fator chave. Comunicações Curtas devem ser documentadas de forma completa no que se refere à literatura e à descrição dos procedimentos experimentais, como num artigo regular. Comunicações Curtas estão limitadas a 2000 palavras e 3-4 figuras.

Artigos: Devem constituir uma descrição completa e fundamentada de um trabalho que possui um significado especial e interesse geral, apresentada clara e concisamente. Os artigos são publicados na ordem de aceitação.

Artigos de Revisão: São solicitados pelo Editor-Chefe. Os Artigos de revisão provêem análises críticas de temas específicos. Os autores que desejam oferecer artigos de revisão devem primeiramente pôr-se em contato com o Editor-Chefe.

Comentários: Comentários e as respostas aos mesmos devem ser limitados, sempre que seja possível, a duas páginas incluindo as figuras. Os comentários são revisados considerando-se o procedimento ordinário.

Erratas: São correções dos autores a seus manuscritos impressos, limitados à longitude requerida para corrigir os erros.

 

 

Forma e preparação de manuscritos

* Todos os manuscritos são recebidos como originais não publicados e não considerados para publicação em outro lugar, incluindo a Internet.

* Todos os tipos de manuscritos devem estar escritos em inglês. Os editores poderão sugerir uma correção do idioma ou introduzir correções menores quando se considere necessário.

* Em Comunicações Curtas e Artigos a introdução deve ser uma seção separada. A introdução deve especificar claramente os objetivos do estudo, assim como a relação com trabalhos prévios e atuais no tema.

Os manuscritos devem ser digitados com duplo espaço usando o tipo de letra Times New Roman de 12 pontos em páginas numeradas consecutivamente em papel formato A4. No caso de utilizar-se tipos de letras especiais deverão ser incluídas conjuntamente com o arquivo do trabalho. Os nomes dos autores deverão ser listados na seguinte ordem: Nome (ou inicial), inicial do segundo nome, sobrenome. Indicar com asterisco(*) o autor para a correspondência, colocando seu correio eletrônico e o número de fax no rodapé da página. O endereço de correio institucional deve escrever-se na linha seguinte à dos autores. Se instituições diferentes intervêm no trabalho, deverão ser listadas na seguinte ordem: autores, seguido pelo endereço institucional, tantas vezes como seja necessário.

Todos os artigos devem conter o mesmo resumo em inglês e em espanhol. O resumo é a parte do trabalho a ser lido pelo maior número de interessados tendo uma função crucial. O resumo é uma síntese da informação dos resultados obtidos no trabalho, não é uma descrição dos conteúdos do trabalho. O resumo deve apresentar tanto informação qualitativa e quantitativa quanto seja possível, sendo ao mesmo tempo breve (50 a 250 palavras), específica e autônoma. O resumo não deverá conter detalhes experimentais triviais, figuras ou equações.

O resumo será seguido pela Introdução, na qual os autores deverão apresentar as motivações do trabalho incluindo um exame atualizado da literatura. As descrições de experimentos ou técnicas deverão ser incluídas na Seção Experimental. A Discussão deverá ser seguida pelas Conclusões ao final do manuscrito. Os reconhecimentos a instituições, suportes financeiros, discussões etc, deverão ser incluídos nos agradecimentos ao final das Conclusões.

Os manuscritos deverão ser enviados como arquivos documento escritos utilizando-se Microsoft Word, até Word 2000 ou Word Perfect. No caso de usar outro programa para processamento de textos, por favor usar o formato RTF.

As figuras devem ser incluídas em arquivos separados em formato TIFF (comprimidos).

Para desenhos de linhas em mapa de bits, deverá usar-se uma resolução mínima de 1000 dpi.
Para fotografias coloridas em escala de cinzas (semitons), usar sempre um mínimo de 300 dpi. Para ilustrações coloridas (custo adicional), usar sempre quatro cores (CMYK).

As combinações de linhas de mapa de bits ou semitons (cor ou escala de cinzas) deverão usar um mínimo de 500 dpi.

* Os gráficos gerados em Word ou Word Perfect têm geralmente baixa resolução. Não enviar arquivos que sejam otimizados para uso em tela (como GIF, BMP, PICT, WPG etc.).

Não enviar imagens coloridas para ser impressas em preto e branco. Cada figura deve ter as seguintes dimensões máximas: largura 14cm e altura 20cm. As letras nas figuras deverão ter um tamanho impresso final de 7 pontos para o texto normal, e não menos de 6 pontos para sub-índices e supra-índices.

A espessura de linha mínima absoluta é de 0,5 pontos; sendo preferível, no entanto, uma espessura de linha mínima de 1 ponto. No caso particular de esquemas contendo estruturas químicas, estas deverão ser geradas utilizando qualquer programa standard e consideradas como uma figura. O programa deve ser indicado.

O manuscrito final aprovado deverá ser apto à tradução completa ao formato PDF sem perda de informação (deverá ser prestada especial atenção a equações, estruturas químicas, gráficos, imagens, símbolos inusuais etc.).

Após a aceitação do manuscrito, os autores deverão enviar a versão final em forma eletrônica. Serão processados somente os manuscritos que se encontrem em suporte eletrônico.

Não incluir no arquivo instruções de desenho tais como lugares para informação de figuras ou tabelas. O texto deve ser justificado totalmente. Usar volta de carro somente para finalizar um parágrafo. Não inserir espaços antes de pontuações.

Um único arquivo deverá conter a página do título, o resumo, todas as seções do corpo do trabalho, as legendas das figuras, as notas ao pé e as referências. As tabelas deverão ser incluídas no final do documento.

As tabelas deverão ser geradas pelo processador de texto.

Referências: todas as referências devem ser numeradas consecutivamente na ordem que aparecem, em parênteses retos na mesma linha que o texto. As referências não devem ser inseridas no rodapé da página. Os autores são responsáveis pela exatidão das referências. Artigos de revistas e livros deverão ser citados usando os seguintes formatos:

[1] J. Van der Geer, J.A.J. Hanraads, R.A. Lupton, J.Sci. Commun. 2000, 163, 51.

[2] W. Strunk Jr, E.B. White, The Elements of Style, 3rd ed., Macmillan, New York, 1979.

[3] G. R. Mettam, L.B. Adams, How to Prepare an Electronic Version of your Article, in: B.S. Jones, R.Z. Smith (Eds), Introduction to the Electronic Age, E-Publishing Inc., New York, 1999, pp, 281-304.

Para a citação de referências da Internet, deve mencionar-se no mínimo o nome completo da URL. Qualquer informação adicional que seja conhecida (nomes de autores, datas, referência à procedência da publicação etc.), também deve ser especificada.

Nomenclatura e símbolos: Deve usar-se a nomenclatura sistemática de compostos da International Union of Pure and Applied Chemistry. Os símbolos e as quantidades devem adequar-se às recomendações da IUPAC.

As tabelas, esquemas e gráficos devem ser etiquetadas com números arábicos. Expressões matemáticas e fórmulas químicas que utilizem símbolos e letras inusuais deverão ser geradas como uma figura standard.

 

 

Envio de manuscritos

Todos os manuscritos devem ser enviados ao Editor-Chefe, Prof. Reynaldo O. Lezna. Os manuscritos que são julgados pelo Editor como adequados para A Revista são enviados aos Editores Associados de acordo ao tema do trabalho. Toda correspondência subseqüente com relação ao manuscrito deve ser dirigida ao Editor Associado correspondente. O Editor pode designar um Editor Convidado para um número especial da revista. Recomenda-se o envio eletrônico dos manuscritos. Os arquivos (comprimidos) contendo o trabalho, a carta de apresentação, as figuras e qualquer outro material devem ser enviados a aqa@aqa.org.ar . Os autores devem fornecer uma direção de correio eletrônico confiável para assegurar um canal de comunicação rápido com a editora.

Os manuscritos por correio ordinário devem incluir uma versão eletrônica, além do manuscrito em papel. O endereço é: Prof. Reynaldo O. Lezna, INIFTA, C.C.16 Suc. 4 (B1906ZAA), La Plata, Argentina.

 

 

[Home] [Sobre esta revista] [Corpo editorial] [Assinatura]


2014 Asociación Química Argentina (AQA)

Sánchez de Bustamante 1749
(1425DUI) Buenos Aires, Argentina
Tel./Fax: (+54 11) 4822-4886

logo
www.aqa.org.ar
aqa@aqa.org.ar

SciELO Argentina URL: http://www.scielo.org.ar/scielo.php?script=sci_serial&pid=1852-1428&lng=es&nrm=iso