SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.45 número4Estatinas: incidencia de efectos adversos índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

  • No hay articulos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • En proceso de indezaciónCitado por Google
  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO
  • En proceso de indezaciónSimilares en Google

Bookmark


Acta bioquímica clínica latinoamericana

versión impresa ISSN 0325-2957

Resumen

LOPEZ MINGORANCE, Fabiana Norma; TISCORNIA, Osvaldo Manuel; NEGRI, Gustavo Alberto  y  DI CARLO, María Beatriz. Pancreolauril sérico: teste bioquímico não invasivo para avaliar função pancreática exócrina. Acta bioquím. clín. latinoam. [online]. 2011, vol.45, n.4, pp. 721-725. ISSN 0325-2957.

O pâncreas é uma glândula mista. Sua fração exócrina produz e secreta enzimas que intervêm na digestão dos nutrientes incorporados na dieta. A pancreatite crônica (PC) é um processo inflamatório que conduz à perda progressiva das funções da glândula. O diagnóstico baseia-se na clínica, as imagens e o laboratório. O teste do pancreolauril sérico (PLs) mede em forma indireta a atividade de uma colesterol-esterase pancreática específica. Os objetivos do trabalho foram o aperfeiçoamento da técnica do PLs, o estabelecimento das diferenças nos seus valores conforme o sexo e estudo dos mesmos numa população de pacientes com PC e em indivíduos controles O valor de corte utilizado para o PLs foi 4,5 mg/L. Em pacientes com PC foi menor com relação ao controle (p<0,001), diferenciando as PC em moderadas ou severas. Foi menor em homens que em mulheres (p<0,05). É um estudo econômico, não-invasivo e factível de ser realizado no laboratório bioquímico não especializado.

Palabras llave : Teste de pancreolauril; Pancreatite crônica; Pancreopatia; Colesterol hidrolase pancreática; Dilaurato de fluoresceína.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · pdf en Español