SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.46 número2Efeito de hidrolisados de caseína ou soja sobre o metabolismo glicídico em camundongosCaracterização de Staphylococcus aureus resistente à meticilina prevalecente em hospitais da comunidade no Paquistão índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Bookmark


Acta bioquímica clínica latinoamericana

versão impressa ISSN 0325-2957

Resumo

PONCE DE LEON, Patricia et al. Ação de Ascaris lumbricoides sobre a carga aniônica de eritrócitos e eritrócitos desializados. Acta bioquím. clín. latinoam. [online]. 2012, vol.46, n.2, pp. 247-256. ISSN 0325-2957.

O objetivo foi estudar o efeito de A. lumbricoides sobre a carga aniônica de eritrócitos e eritrócitos desializados. Trabalhou-se com 30 extratos ([EA]) e 2 concentrados larvais parasitários ([CLAL]1: 500- 600/ [CLAL]2: 200- 300 larvas/ mL) e eritrócitos Grupo "O" em meio salino (GV) e enzimático (GVb). Foi incubado o sedimento globular com igual volume de parasita e o Testemunha (GVc) com solução fisiológica,a 37ºC. Foram aplicados os Métodos de Polybrene e Azul Alciano e se implementou uma Titulação da Agregação a partir do Polybrene. Definiram-se coeficientes para cada método que foram analisados estatisticamente. Os resultados mostraram que a maior tempo de tratamento e a maior concentração larvária,aumentou a captação de ácido siálico (AS) diminuindo a agregação de GV e GVb. O efeito foi maior na incubação da parasita com GVb em relação de GV. O tratamento enzimático reduziu a carga percentual nos glóbulos incubados com ambos [CLAL] de forma similar (16%-17% da inicial) e a Diferença de Carga de GV e GVb devida a ambos foi aproximadamente de 10% indicando que a perda de carga produzida por [CLAL]1 foi significativa com relação a [CLAL]2. A conclusão é que A. lumbricoides pode captar AS eritrocitário. Este fenômeno contribuiria a explicar a anemia e trombos produzidos em ascaridíase,destacando que em pacientes com patologias que cursem com déficit de AS estas complicações seriam mais relevantes.

Palavras-chave : Ascaris lumbricoides; Carga eritrocitária.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol     · pdf em Espanhol