SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.51 número3Bases moleculares de hemoglobinopatias na ArgentinaTestes bioquímicos para o diagnóstico de anemia megaloblástica índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Journal

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

Compartilhar


Acta bioquímica clínica latinoamericana

versão impressa ISSN 0325-2957versão On-line ISSN 1851-6114

Resumo

EANDI EBERLE, Silvia Judith  e  FELIU TORRES, Aurora Silvia. Hemoglobinas instáveis. Acta bioquím. clín. latinoam. [online]. 2017, vol.51, n.3, pp.343-347. ISSN 0325-2957.

As variantes estruturais de hemoglobina são, em sua maioria, o resultado de substituições pontuais de aminoácidos numa das cadeias de globina. Em muitos casos, estas hemoglobinopatias são inócuas, ao passo que em outros determinam alterações na estabilidade e função da hemoglobina, produzindo manifestações clínicas de severidade variável. Nas hemoglobinas instáveis, as alterações diminuem a solubilidade, facilitando a formação de complexos de hemoglobina precipitada e desnaturalizada (Corpos de Heinz) que ocasionam o dano da membrana e finalmente a destruição prematura dos eritrócitos. Representam uma rara etiologia de anemia hemolítica congênita. Até a atualidade foram descritas aproximadamente 150 hemoglobinas instáveis diferentes, a maioria das quais produzem hemólise crônica, exacerbada por infecções ou pela ingestão de medicamentos. Seu diagnóstico pode ser difícil, principalmente em pacientes não esplenectomizados. Sua identificação requer inicialmente da suspeita clínica, mas devido a que as provas básicas de laboratório podem não ser concluintes e induzir um diagnóstico errado, o estudo molecular será necessário para a confirmação.

Palavras-chave : Hemoglobinas instáveis; Anemia hemolítica; Corpos de Heinz.

        · resumo em Espanhol | Inglês     · texto em Espanhol

 

Creative Commons License Todo o conteúdo deste periódico, exceto onde está identificado, está licenciado sob uma Licença Creative Commons