SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.18 issue2Morphometry of paleocaves at the Chapadmalal "Formation" assigned to fossorial rodent Actenomys sp. (Rodentia, Caviomorpha), Paedotherium (Notoungulata), and to other fossil mammalsNotes on morphology, geographic distribution, natural history, and citogenetics of Cryptonanus guahybae (Didelphimorphia: Didelphidae) author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

  • Have no cited articlesCited by SciELO

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Bookmark


Mastozoología neotropical

Print version ISSN 0327-9383

Abstract

LEMOS, Frederico Gemesio  and  FACURE, Kátia Gomes. Variação sazonal no tamanho de grupo de forrageio em cachorros-do-mato e raposas-do-campo no bioma Cerrado, Brasil central. Mastozool. neotrop. [online]. 2011, vol.18, n.2, pp. 239-245. ISSN 0327-9383.

Em regiões com uma estação seca pronunciada, como o Bioma Cerrado (savana brasileira), a sazonalidade climática pode afetar a disponibilidade de alimento para as espécies de canídeos e, conseqüentemente, seu comportamento de forrageio. Nós investigamos a variação sazonal no tamanho de grupo de forrageio de cachorros-do-mato (Cerdocyon thous) e raposas-do-campo (Lycalopex vetulus) na região do Cerrado por três anos consecutivos. Os dados foram obtidos através de observação direta em focagens noturnas dos animais forrageando. Ambas as espécies foram avistadas forrageando individualmente ou em pares com ou sem sua prole juvenil. Entretanto, os cachorros-do-mato foram vistos forrageando em pares mais freqüentemente na estação úmida e individualmente mais freqüentemente na estação seca ao passo que as raposas-do-campo forragearam principalmente individualmente durante todos os meses do ano. A maior freqüência de forrageadores solitários durante a estação seca é possivelmente uma resposta à diminuição sazonal na disponibilidade de recursos alimentares abundantes e com distribuição agregada como frutos e insetos, itens importantes na dieta do cachorro-do-mato durante a estação úmida. A ausência de variação sazonal no tamanho de grupo de forrageio na raposa-do-campo pode estar relacionada ao seu hábito alimentar especializado, uma vez que cupins predominam na dieta desta espécie em ambas as estações.

Keywords : Cachorro-do-mato; Comportamento Social; Contagens diretas; Raposa-do-campo; Reprodução.

        · abstract in English     · text in English     · pdf in English