SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número18Nociones de vulnerabilidad y balance biocultural en la relación sociudad Guaraní y naturaleza índice de autoresíndice de assuntospesquisa de artigos
Home Pagelista alfabética de periódicos  

Serviços Personalizados

Artigo

Indicadores

  • Não possue artigos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • Em processo de indexaçãoCitado por Google
  • Não possue artigos similaresSimilares em SciELO
  • Em processo de indexaçãoSimilares em Google

Bookmark


Avá

versão On-line ISSN 1851-1694

Resumo

LIFSCHITZ, Javier. Comunidades etnicas no Brasil e modernizaçao. Avá [online]. 2011, n.18, pp. 0-0. ISSN 1851-1694.

Tomando como referencia conceitos de Tönnies, neste artigo discutimos a relação entre comunidades étnicas e modernização no Brasil. Analisamos essa relação em dois momentos. No primeiro, consideramos alguns estudos de caso, de autores representativos dos "estudos de comunidade" realizados no Brasil durante o processo de modernização das décadas de 1940 a 1960. No segundo, tratamos especialmente das comunidades quilombolas a partir das políticas publicas implementadas pelo governo Lula. Neste contexto discutimos, a partir de pesquisas realizadas pelo autor na região norte do Estado do Rio de Janeiro, o papel de agentes modernos nas reconstruções de comunidade de espírito e sugerimos o conceito de neocomunidades para representar a atual fase de transformação.

Palavras-chave : Comunidades étnicas; Comunidades tradicionais no Brasil; Comunidade e mudança social.

        · resumo em Inglês     · texto em Português     · pdf em Português