SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
 número43Tendencias en la formación del Ingeniero en Acuicultura en ChileEstudio de la actividad antimicrobiana del fango termal de Copahue (Neuquén, Argentina) índice de autoresíndice de materiabúsqueda de artículos
Home Pagelista alfabética de revistas  

Servicios Personalizados

Articulo

Indicadores

  • No hay articulos citadosCitado por SciELO

Links relacionados

  • No hay articulos similaresSimilares en SciELO

Compartir


Ciencia, docencia y tecnología

versión On-line ISSN 1851-1716

Resumen

GALUSSI, Alberto A et al. Identificação de cultivares de Medicago sativa L. por caracteres bioquímicos em sementes e plântulas. Cienc. docencia tecnol. [online]. 2011, n.43, pp. 201-216. ISSN 1851-1716.

As sementes dos cultivares de alfafa são morfologicamente similares, por isso, a análise de proteínas em sementes e plântula poderia resultar adequada para diferençar os cultivares. O objetivo deste trabalho foi caracterizar cultivares de alfafa, provindas de duas colheitas, a nível de proteínas das sementes através de SDS PAGE e A PAGE, e em estado de protrusão e cotiledonar pela análise da isoenzima Álcool Deshidrogenada. O tamanho de amostra adequado para electroforese foi de 0,5g de sementes em 5,00ml de buffer de extração e o volume de semeadura apropriado foi de 10μl. Em ambos os métodos, SDS PAGE e A PAGE, logrou-se o fracionamento proteico, porém não foi possível a diferenciação entre cultivares; as escassas diferenças achadas não foram repetíveis em amostras de diferentes anos de colheita. O sistema ADH manifestou diferenças entre cultivares, logrando-se maior diferenciação no estado de protrusão.

Palabras clave : Botânica; Alfafa; Eletroforese; Proteínas; Isoenzimas.

        · resumen en Español | Inglés     · texto en Español     · Español ( pdf )

 

Creative Commons License All the contents of this journal, except where otherwise noted, is licensed under a Creative Commons Attribution License