SciELO - Scientific Electronic Library Online

 
vol.7 issue2Role of aldosterone blockade in heart failure post acute myocardial infarction¿Cómo reducir los accidentes cerebrovasculares en Latinoamérica? Parte 1 author indexsubject indexarticles search
Home Pagealphabetic serial listing  

Services on Demand

Article

Indicators

  • Have no cited articlesCited by SciELO

Related links

  • On index processCited by Google
  • Have no similar articlesSimilars in SciELO
  • On index processSimilars in Google

Bookmark


Insuficiencia cardíaca

On-line version ISSN 1852-3862

Abstract

PASCA, Antonio J; MONTERO, Julio C  and  PASCA, Laura A. Paradoja de la obesidad. Insuf. card. [online]. 2012, vol.7, n.2, pp. 67-70. ISSN 1852-3862.

Paradoxo da obesidade A prevalência e incidência da obesidade têm aumentado, significativamente, nos últimos anos, tornando-se o primeiro caso de doença crônica não transmissível com características epidêmicas. Numerosos estudos científicos demonstraram que o excesso de peso está associado com um aumento de morbidade e mortalidade, especialmente cardiovascular. Mas ultimamente, várias investigações clínicas têm demonstrado a existência do assim chamado "paradoxo da obesidade". Assim, os pacientes com doença cardiovascular e sobrepeso têm menos complicações durante a hospitalização de risco, redução de morte súbita e melhor prognóstico à curto prazo e longo prazo do que aqueles com peso normal ou baixo. Estes dados devem ser desconcertantes por muitas razões: falta de discriminação do índice de massa corporal para diferenciar entre a gordura corporal e massa magra, para reduzir a resistência vascular sistêmica, menor atividade de renina plasmática e perfil neuroendócrino específica com menor peptídeo natriurético atrial observado na obesidade

Keywords : Obesidade; Paradoxo da obesidade.

        · abstract in English | Spanish     · text in Spanish     · pdf in Spanish