SciELO - Scientific Electronic Library Online

SciELO - Scientific Electronic Library Online

Referencias del artículo

FERNANDEZ, Marcelo Jorge  y  NILDA, Tañski. Inteligencia Competitiva: Propuesta de Modelo Sistémico como Cambio Organizacional para los Hospitales del Sur de Brasil. Vis. futuro [online]. 2011, vol.15, n.2, pp. 0-0. ISSN 1668-8708.

    1. DATASUS. (2008) Departamento de Informática do SUS. Brasília, Distrito Federal. Disponible en: <http://www.datasus.gov.br>. Acesso el: 12/12/10. [ Links ]

    2. DAVENPORT, T. H. (2001). Ecologia da Informação: por que só tecnologia não basta para o sucesso na era da informação. 4ª Ed. São Paulo: Editora Futura. [ Links ]

    3. FERNANDEZ, M. J. (2004). Inteligência Competitiva e Mudança Organizacional: uma validação de modelo em grupo industrial. 2004. Dissertação (Mestrado em Administração) - Universidade Regional de Blumenau. Blumenau. [ Links ]

    4. FERNANDEZ, M. J. (2010). Inteligência Competitiva: propuesta de modelo sistémico como cambio organizacional para los hospitales del sur de Brasil. Tesis Doctorado en Administración - Universidad Nacional de Misiones - UNAM. [ Links ]

    5. KALAKOTA, R.; ROBINSON, M. (2002). E-business: estratégias para alcançar o sucesso do mundo digital. 2ª Ed. Porto Alegre: Bookman, 2002. [ Links ]

    6. LAUDON, K. C. y LAUDON, J. P. (1994). Management information systems: organization and technology. 3ª Ed. New York: Macmillan. [ Links ]

    7. PORTER, M. E. (1985). Competitive advantage. New York: Free Press/Macmillan. [ Links ]

    8. PORTER, M. E. (1986). Estratégia Competitiva: Técnicas para Análise de Indústrias e da Concorrência. 7ª Ed. Rio de Janeiro, Campus. [ Links ]

    9. PORTER, M. E. "What is strategy?". Harvard Business Review, November-december, 1996, p. 59-78. [ Links ]

    10. PORTER, M. E. (1999). Competição = On competition: estratégias competitivas essenciais. Rios de Janeiro: Campus. [ Links ]

    11. PRAHALAD, C. K. y KRISHNAN M. S.. "The Dynamic Synchronization of Strategy and Information Technology". MITSloan Management Review, 2002, Volumen 43, n. 4, p. 24-33. [ Links ]

    12. PEPPERS y ROGERS GROUP (2000). Um guia executivo para entender e implantar estratégias de Customer Relationship Management. São Paulo: Peppers and Rogers Group do Brasil. [ Links ]

    13. REZENDE, D. A. y ABREU, A. F. (2001). Tecnologia da informação aplicada a sistemas de informação empresariais: o papel estratégico da informação e dos sistemas de informação nas empresas. 2ª ed. São Paulo: Atlas. [ Links ]

    14. RICCARDI, R.; RODRIGUES, L. C. (2003). Inteligencia Competitiva: em los negocios y em las organizaciones. Córdoba: Ediciones Macchi. [ Links ]

    15. RODRIGUES, L. C. (2003). Business intelligence: the mangement information system next step. Book Review, v. 7, n. 3, p. 423-431, 2003. Disponible en: <http://www.blackwell-synergy.com>. Acesso el: 04 nov. 2003. [ Links ]

    16. SENGE, P. M. (1999). A quinta disciplina: arte, teoria e prática da organização de aprendizagem. São Paulo: 1999. [ Links ]

    17. SUAVE, I. (2003). Inteligência competitiva: a arte de enxergar primeiro. Disponible en: <http://www.sites.netsite.com.br/recall/edicao26/artigo.htm>. Acesso el 28 mar. 2003. [ Links ]

    18. TAPSCOTT, D. y CASTON, A. (1995).Mudança de Paradigma. São Paulo: Makron Books. [ Links ]

    19. WALTON, R. E. (1994). Tecnologia de informação: o uso de tecnologia de informação pelas organizações que obtém vantagem competitiva. São Paulo: Atlas. [ Links ]